Coisas que me dão na telha, de vez em quando, e que quero deixar registradas, nem que seja num blog.







quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Leite é soda, como diria Falomão


     Em outubro de 2007, alguns produtores de leite mal intencionados adicionaram soda cáustica e água oxigenada ao produto que vendiam à indústria, objetivando, é óbvio, auferir mais lucros. As vaquinhas não tinham nada a ver com isso. O assunto foi vastamente divulgado e comentado na mídia, gerando indignação no país inteiro contra os maus produtores. Algumas indústrias de peso compraram leite desses produtores, mas alegaram desconhecer o fato de que o produto estaria adulterado.
     Lembrando daquele comercial de uma dessas indústrias, em que crianças graciosas, graciosamente fantasiadas de animaizinhos, cantavam uma alegre musiquinha enaltecendo as qualidades do leite, resolvi fazer uma brincadeira: editei o comercial, mudando o seu final, e postei-o no YouTube, naquela época.
     Não esperava que tivesse a repercussão que teve e continua tendo. O vídeo recebeu, até agora, 29 comentários, alguns criticando-o; muitos elogiando-o. Há exatamente um ano, teve um cara que escreveu assim:

Sem dúvida o protesto contra o leite contaminado é válido. A única observação é que esse tipo de vídeo é visto quase sempre por crianças. Você não ia querer estar no meu lugar ao ver o susto que meu filhinho tomou ao aparecer essa caveira!! Sacanagem!!!.
     Ao que respondi:

Me desculpe se a minha montagem do comercial da Parmalat assustou seu filho. Ocorre que nas informações do vídeo está escrito: 'sátira do comercial dos mamíferos da Parmalat, depois de decoberta a fraude do leite, com adição de soda cáustica e água oxigenada'. Se seu filho estava sozinho fazendo pesquisas no YouTube, não deve ser tão pequeno assim; se estava com o pai, me pergunto: por que um pai assistiria a uma coisa dessas junto a seu filho pequeno?.
     O último comentário foi postado há três semanas e diz assim:

tadinhas das crianças que têm os pais que não leem sinopse dos videos....
     O mais impressionante, contudo, é a quantidade de exibições do vídeo: 89436 (até este exato momento).
     Ontem, a minha montagem teve um desdobramento surpreenden-te, acredito que pela quantidade de exibições: recebi um email do The YouTube Team dizendo que meu vídeo tinha se tornado tão popular que eu estava apto a entrar no programa de parceria da empresa e ganhar dinheiro com as exibições do material. Ou seja, o YouTube me propôs inserir propagandas na página do meu vídeo. A cada acesso eu ganharia alguma coisa. Olhei as regras mas vi que não estou tão apto assim. Há uma série de condições — justas, diga-se de passagem — para entrar no programa.
     Se você entrar no YouTube e procurar por “novo comercial da parmalat”, o primeiro que vai aparecer é o vídeo que fiz. Em todo caso, leia a sinopse pra ter certeza e não assista junto a crianças menores de 21 anos.
     Se preferir, assista diretamente aqui, mas tire as crianças da sala!

Um comentário:

Vera disse...
Este comentário foi removido pelo autor.